História

No ano de 2005, foi criado o time de futebol de campo amador Tuper/Arsiper, com o objetivo de representar o município de São Bento do Sul no futebol de campo.

O time de futebol de campo utilizava também as instalações da Sociedade Guarani, pelo fato do campo apresentar melhores condições, tanto para os jogadores, bem como maior conforto para a torcida, o que acabou criando um vínculo informal entre o Time Tuper/Arsiper e o Guarani.

Desde a criação da escola de futebol, bem como do time de futebol amador, foram muitas as conquistas entre competições de nível municipal e estadual.

Em 2012, o presidente da Sociedade Desportiva Guarani, convocou os dirigentes e representantes da Escola de Futebol e do Time de Futebol Tuper/Arsiper, para propor a fusão das equipes, com o objetivo único de somar forças, concentrando os esforços desta forma para viabilizar um projeto mais amplo e audacioso.

Neste momento, nasce a Escola de Futebol Guarani.

Com os mesmos objetivos de antes, representar o município nos mais diversos campeonatos de futebol, bem como ampliar o projeto social e de formação de caráter dos jovens atletas a escola de futebol Guarani também ganha forte apoio da Sociedade Guarani, onde foi reformada toda a estrutura de alambrados e obras de melhorias diversas.

A Escola de Futebol Guarani promove ações de integração social e também as diversas formas de ensinar e trabalhar o futebol, desenvolvendo as técnicas básica, voltadas inicialmente para as categorias Sub 9, Sub 11, Sub 13, Sub 15 e Sub 17, incentivando a interação e o trabalho em equipe.

Contudo, para levar adiante e viabilizar do projeto da Escola de Futebol Guarani, não seria suficiente somente a boa vontade de todos os envolvidos.

Havia a necessidade também de recursos e serviços para que o projeto se tornasse viável e alçasse o êxito esperado.

Recursos estes para compra de equipamentos, uniformes, despesas de viagem, inscrições em competições, etc.

Decidiu-se então, que a Escola de Futebol Guarani necessitava não só de patrocinadores, mas de verdadeiros parceiros do projeto.

Botão Voltar ao topo